Redirecionamento

21 março, 2011

A Ocupação da Praia de Pipa em Imagens de Satélite

Um dos instrumentos mais interessantes disponibilizados atualmente para os internautas é programa de imagens de satélite Google Earth. Mais interessante ainda é que a partir de tal programa nós podemos observar diferentes momentos da ocupação de um determinado território, pois o sistema permite comparar diferentes imagens ao longo do tempo.

Umas dessas modificações da paisagem que me chamou a atenção foi o caso da praia de Pipa, um dos mais badalados destinos turísticos do Nordeste e do Brasil.

Pipa é na verdade um distrito do município de Tibau do Sul. Este, por sua vez, registrou no censo de 2010 uma população de 10.482 pessoas, ante uma população de 7.749 no censo de 2000.

Tibau do sul foi o terceiro municípios do RN com maior taxa de crescimento populacional entre 2000 e 2010, cresceu a uma taxa de 3,94% ao ano, perdendo apenas para Parnamirim (4,96%) e Guamaré (4,31%).

As imagens abaixo mostram dois momentos distinto da praia de Pipa. A primeira é uma foto de satélite de setembro de 2002 e a segunda é de maio de 2008 (não há disponibilidade de imagens mais recentes para aquela localidade no google earth).



Observem nas imagens acima como a mancha urbana avança na direção do interior e aparece vários pontos brancos, representados pelos telhados dos condomínios, resorts e hotéis que surgiram por lá nesse período.

Quem conhece Pipa sabe como essa ocupação se deu de forma desordenada, sem um planejamento da ocupação do solo e, acredito, sem nem mesmo um arruamento prévio.




Um comentário:

O Pescador disse...

Caro Aldemir,


Eu e outros companheiros temos acompanhado seu blog com uma boa frequencia e gostamos bastante da proposta desenvolvida. Por isso, em nome do conselho editorial da Revista Eletrônica Carta Potiguar, gostaríamos convidá-lo para fazer parte da equipe fixa de colunistas.Temos uma equipe formada por profissionais de Ciência Política, Sociologia, Medicina, dentre outros. Acreditamos que alguém de economia como você pode dar uma contribuicao importante a nossa revista. Caso tenha interesse em participar, pode entrar em contato comigo no seguinte email: calfreitas@hotmail.com

Carlos Freitas
Colunista e membro do Conselho Editorial da Carta Potiguar